Alunos que mais emprestam livros são homenageados

28 | 10 | 2011
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente

Em 29 de outubro, é comemorado o Dia Nacional do Livro. Para marcar a data, a Toledo Presidente Prudente realizou durante a Semana de Comemorações em alusão aos 110 anos do fundador da IES, Antônio Eufrásio de Toledo, uma homenagem aos alunos que mais utilizaram a Biblioteca Visconde de São Leopoldo neste ano.
 
A solenidade é realizada anualmente e contou com a presença da bibliotecária da Toledo, Lidiane do Prado Reis, dos alunos e de seus coordenadores de curso, que fizeram a entrega de livros para os que tiveram maior índice de empréstimo na Biblioteca da Toledo Presidente Prudente.
 
A aluna do 8º termo do curso de Direito da Toledo Presidente Prudente, Thais Caires Ferreira teve maior número de empréstimo no ano de 2011, chegando a mais de 1250, e enfatiza que diariamente visita a biblioteca, onde faz suas pesquisas e complementa as informações que recebe diariamente em sala de aula. “É mais do que um hobby, tornou-se um hábito diário pela busca de conhecimento e sei que isso é imprescindível para um profissional que busca boa colocação no mercado de trabalho”, diz.
 
Veja os alunos que foram homenageados e foram presenteados com livros relacionados ao seu curso. 
 
Direito:
Thaís Caires Ferreira – Matutino
Paulo Rogério Tamada – Noturno
 
Administração:
Regina Célia Crepaldi –  Matutino
Luiz Eduardo Pereira – Noturno
 
Ciências Contábeis:
Erika Tamy Nagima 
 
Serviço Social:
Edilâine Lima Venâncio 
 
Sistemas de Informação:
Lunardo da Silva 
 
Marketing:
Raphael Christian da Silva Leite
 
Gestão Financeira:
Emerson Shoiti Yoshihiro
 
Curiosidade – Você sabe por que comemoramos o dia Nacional do Livro no dia 29 de outubro?

Por que foi nesse dia, em 1810, que a Real Biblioteca Portuguesa foi transferida para o Brasil, quando então foi fundada a Biblioteca Nacional e esta data escolhida para o Dia Nacional do Livro.

O Brasil passou a editar livros a partir de 1808 quando D.João VI fundou a Imprensa Régia e o primeiro livro editado foi "Marília de Dirceu", de Tomás Antônio Gonzaga. 
 
 

ASSUNTOS
RELACIONADOS