Assistentes Sociais comemoram seu dia e falam sobre profissão

14 | 05 | 2015
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente
Em 2015, o curso de Serviço Social da Toledo Prudente Centro Universitário comemora 30 anos. Ao todo, mais de 1200 profissionais se formaram pelo Centro Universitário. 
 
O Assistente Social é um profissional interventivo que atua com diversas expressões da questão social, contribuindo com a defesa e a efetivação de direitos sociais e com a melhoria da qualidade de vida da população. 
 
O dia deste profissional é comemorado em 15 de maio e para a data, convidamos os professores de Serviço Social para apresentar o curso, as perspectivas de mercado, as áreas de atuação e outras informações. Confira:
 
imagemQual a importância do Assistente Social para a sociedade?
Professora Elizabeth Lourenção
Resposta: O Assistente Social é um profissional que está a serviço da defesa dos direitos, da cidadania e da justiça social. Tem como objeto de trabalho a questão social e suas expressões. O Assistente Social se coloca como aquele profissional que irá intervir nestas situações, elaborando, executando e viabilizando o acesso às politicas públicas. Assim, a importância da profissão se destaca pelo fato de que o profissional busca uma sociedade mais justa e igualitária, livre de qualquer forma de exploração de classe, etnia e gênero.
 
 
imagemEm que áreas e segmentos o Assistente Social pode atuar?
Professora Silvia Manfrim 
Resposta: O Serviço Social é uma profissão muito nova em nosso país. O Assistente Social atua majoritariamente no setor público, em diferentes segmentos e também no setor privado, tais como: Sócio jurídico (Tribunal de Justiça, sistema penitenciário, Defensoria, Conselho Tutelar, Delegacias, dentre outros); Assistência Social (Centros de referências, órgão gestor, prefeituras e entidades assistenciais); Saúde (hospitais, postos de saúde, estratégia de saúde da família, serviços especializados de saúde e outros); Previdência Social; Habitação e empresas privadas que prestam serviços correlatos; Empresas privadas; Assessoria; Consultoria; Educação (atuação em escolas na atenção ao aluno e família); Instituições de ensino superior (docência de graduação, pós-graduação e pesquisa); Gestão Pública e Gestão Empresarial. Esses são as áreas que mais empregam os Assistentes Sociais, porém, em função da profissão ser ainda muito nova, vários outros espaços vem sendo ocupados pelo Assistente Social devido a sua formação e competências profissionais.
 
 
imagemComo é a formação acadêmica de um Assistente Social?
Professora Juliene Aglio Parrão
Resposta: Os conteúdos são referenciados nas diretrizes curriculares do MEC e da ABEPSS (Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa sem Serviço Social  e em consonância com as determinações da Lei n. 8662, de 7 de junho de 1993, que regulamenta a profissão de assistente social. A formação do assistente social é sustentada no tripé dos conhecimentos constituídos pelos núcleos de fundamentação da formação profissional, quais sejam: – Núcleo de fundamentos teórico-metodológicos da vida social;  Núcleo de fundamentos da formação sócio-histórica da sociedade brasileira e o  Núcleo de fundamentos do trabalho profissional. Temos há 30 anos, um sólido projeto pedagógico que possibilita formação de profissionais capacitados e preparados para atuar com os indivíduos e com a coletividade, em todos os campos de trabalho da área de Serviço Social.
 
 
imagemQual é a perspectiva de mercado de trabalho para o Assistente Social nos próximos anos e décadas?
Professora Andréia Almeida
Resposta: O mercado de trabalho  tem sido bastante promissor, justamente pelo reconhecimento da relevância desse profissional nos ambientes públicos e privados e pela sua luta democrática no trato das expressões da questão social, que se configuram em injustiças e precarizações da vida social. Atualmente estamos vivendo um período de muitas lutas do Conselho Federal no que concerne ao alargamento do campo de atuação, como no caso a inserção deste profissional na área da Educação Pública. Ocorre ainda um desdobramento continuado dos posicionamentos e lutas favoráveis e justificáveis sobre o piso salarial do Assistente Social. Este profissional atua 30 horas semanais.
 
 
imagemO que faz um Assistente Social?
Professora Valderes Romera
Resposta: O assistente social é um profissional interventivo, o que significa que toda ação desenvolvida por ele produz alteridades na realidade onde esta intervenção se dá. De um modo geral pode-se dizer que esses Assistentes Sociais analisam as diversas situações relativas a vulnerabilidades e riscos sociais, exclusão e desproteção social, violação de direitos entre outras, vivenciadas por pessoas, família, grupos, segmentos sociais e comunidades e propõe o enfrentamento dessas demandas com ações que vão desde orientações e encaminhamentos individuais até a elaboração e a gestão de programas e projetos sociais que visam transformar aspectos da realidade das pessoas envolvidas. 
 
 
imagemQuando surgiu as primeiras escolas de Serviço Social e os primeiros profissionais?  
Professor Eduardo Couto
Resposta: Especificamente no Brasil, a primeira escola de Serviço Social surgiu em 1936, na cidade de São Paulo. Essa escola foi posteriormente encampada pela PUC – Pontifícia Universidade Católica. A segunda escola surgiu no Rio de Janeiro no ano seguinte e é também encampada pela PUC daquele Estado. Os cursos daquela época duravam de dois a três anos e, foram essas escolas que formaram os primeiros Assistentes Sociais que atuaram no nosso país.
 
 
imagemQual é o perfil dos alunos que se interessam pelo curso de Serviço Social?     
Professora Alícia Santolini
Resposta: Os alunos que se interessam pelo curso de Serviço Social são acima de tudo pessoas politizadas e críticas, compromissadas com a realidade social com a qual se deparam. Isto é, são pessoas que buscam por mudanças no contexto social a partir da efetivação dos direitos sociais na luta pela igualdade social.
 
 
 
imagemQuem são os usuários do Serviço Social?
Professora Luci Volpato
Resposta: Os usuários do Serviço Social são sujeitos que se encontram em situação de vulnerabilidade e risco social, segurança social e exclusão social como a criança, o adolescente, a mulher, a  família, o idoso, a pessoa com deficiência, o trabalhador, a população que vive em situação de rua, a pessoa em cumprimento de pena, pessoas com dependência do álcool e drogas. Elas podem estar presentes nos diferentes campos de trabalho do assistente social.  
 
 
imagemQual a importância do curso de serviço social da Toledo Prudente para a região?
Professora Vera Canhoto
Resposta: O curso de serviço social da Toledo Prudente foi o primeiro a ser implantado na região e desde então prima pela excelência na formação. A primeira turma se forma ao mesmo tempo em que no Brasil ocorria a expansão dos direitos sociais e consequentemente a implantação de políticas sociais que requer o trabalho do assistente social. Esse profissional formado pela Toledo Prudente é quem ocupa esses espaços e contribui para com a efetivação dos direitos do cidadão na região. 
 
 

imagem

O Assistente Social atua em conjunto com outros profissionais? Quem são eles e qual a importância desse trabalho multidisciplinar?
Professora Silvana Trevisan
Resposta: O Assistente Social atua em conjunto com psicólogos, sociólogos, médicos, terapeutas ocupacionais, advogados, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, pedagogos e outros.
É importante para a integração de conhecimentos das diversas áreas no esforço em comum de construir um único objetivo para buscar a melhoria da qualidade de vida promovendo a inclusão social dos indivíduos.
 
 
imagemPor que você escolheu a profissão?
Professora Giovana Aglio
Resposta: É curioso, mas costumo dizer que não escolhi a profissão, foi ela quem me escolheu. Alguns meses antes do vestibular participei de algumas conferências da Política de Assistência Social nos municípios da região. Foi paixão à primeira vista. Percebi que o Assistente Social poderia dar visibilidade para algo que era invisível aos olhos da sociedade. Me encantei com a profissão, da qual tenho muito orgulho e certeza da minha escolha, porque  ao longo da minha vida a profissão de Assistente Social me possibilitará a inserção na luta constante, na defesa intransigente dos direitos humanos e na busca de uma sociedade justa e igualitária.
 
 
SAIBA MAIS – Para comemorar os 30 anos do curso de Serviço Social diversas atividades já estão programadas, como por exemplo, simpósios e debates. Atualmente mais de 250 alunos frequentam o curso na Toledo Prudente. Avaliado pelo ENADE 2013, o curso conseguiu nota quatro, o que o mantém como um dos melhores do Brasil. Com a crescente procura dos egressos da área social e com a preocupação da formação continuada, a Toledo Prudente passou a oferecer também um curso de pós-graduação em “Gestão do Sistema Único de Assistência Social”.
 

ASSUNTOS
RELACIONADOS