Centro Universitário entra na briga contra mosquito da dengue

17 | 02 | 2016
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente
O Brasil vive uma verdadeira caça ao mosquito Aedes Aegypti, até então conhecido como o transmissor da dengue, mas que hoje assombra o mundo com o Vírus da Zika e a Febre Chikungunya. Pensando nisso, a Toledo Prudente Centro Universitário desenvolve durante essa semana uma campanha de conscientização e mobilização contra a larva do mosquito.
 
De acordo com a Vigilância Epidemiológica de Prudente, até o momento já foram confirmados mais de 2 mil casos de dengue na cidade e para os especialistas em saúde pública, se os brasileiros não mudarem os hábitos os números podem aumentar e muito.
 
Com cerca de 3.500 universitários a campanha realizada pela Toledo Prudente pretende sensibilizar os alunos e alertar a comunidade geral para esse risco que, na maioria das vezes, está dentro de casa. 
 
Para a Pró-reitora Administrativa, Maria Inês de Toledo Pennacchi Amaral, é fundamental que todos abracem essa responsabilidade, que assumam um papel ativo nesse combate. Não dá para ficar esperando os outros e o poder público resolver a situação, o 'Eu' de cada um precisa agir. Precisamos ter a consciência, fazer a diferença e ajudar a eliminar essa ameaça. Nosso objetivo é despertar em nossos alunos e funcionários essa atitude, seja aqui na Toledo Prudente onde passamos grande parte do nosso dia, ou em nossas casas ou onde quer que estejamos. Queremos que todos estejam comprometidos em recolher uma simples tampinha de garrafa que esta jogada no meio do nosso caminho, ou que ao ver a folha caída no chão com agua parada, ele pare para desvira-la.
 
Entre as atividades que vão ser desenvolvidas nos três dias, funcionários e alunos farão uma varredura em toda a extensão do Centro Universitário identificado e eliminando possíveis criadores ou criadouros, serão distribuídas sementes de crotalária que ajuda no combate ao mosquito e as larvas e os agentes da Vigilância Epidemiológica farão um trabalho de conscientização. 
 
No primeiro dia de atividades, os alunos foram recebidos na Toledo Prudente com o zunido irritante dos mosquitos e os departamentos tiveram o atendimento suspenso por 10 minutos e os avisos nas portas com a frase “ Já imaginou se tudo pegar Dengue? Quem iria te atender?” para causarem impacto e assim convidar os alunos à reflexão. 
 
Para a coordenadora do Núcleo de Extensão da Toledo Prudente, Carla Destro, o principal objetivo da ação será a conscientização e o desenvolvimento de ações diretas de combate ao mosquito transmissor da dengue. Os alunos que participarem das ações ganharão horas complementares, uma exigência do Ministério da Educação.
 
“O desenvolvimento da atividade gerará nos alunos e colaboradores a sensação de pertencimento, de preocupação com o ambiente que também é seu. Auxiliará na formação pessoal e na formação de sua consciência cidadã. A atividade certamente demonstrará aos envolvidos que o problema não é alheio, devendo ser enfrentado por todos”, finaliza Carla.
 
A campanha que recebeu o nome “Toledo e Você contra a dengue” e segue até esta sexta-feira (19), no dia em que é comemorado o Dia Nacional de Mobilização contra a Educação para o Combate do Aedes Aegypti. #ZikaZero 
 

ASSUNTOS
RELACIONADOS