Coleta de Preços aponta aumento de 0,87% em PP

11 | 05 | 2011
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente

 A Empresa Júnior Toledo realizou a Coleta de Preços nos maiores supermercados de Presidente Prudente, no dia 5 de maio, sendo constatado um aumento de 0,87% em relação ao mês anterior. No mesmo período do mês passado, a Coleta de Preços havia apurado uma alta de 0,80%, o que indica que o conjunto dos preços pesquisados diferentemente do IPT (Índice de Preços Toledo), continua em aceleração, uma vez que esta pesquisa contempla um número maior de itens que o IPT.

A maior alta ocorreu no grupo de Artigos de Limpeza registrando um aumento de 2,56%. Os produtos que mais contribuíram para essa alta foram o amaciante Confort Classic 2l e o álcool Cooperacool 1 L, com aumento de 13,99% e 11,83% respectivamente, em relação ao mês anterior.

A concorrência entre os estabelecimentos continua ocasionando acentuada diferença de preços em alguns produtos, como no caso do óleo composto de Oliva Maria 500ml e da maionese Hellmann´s 500g,  com variação de 81,80% e 69,15%, respectivamente.  Nesta pesquisa, o menor preço encontrado do óleo composto de Oliva Maria 500ml foi de R$ 4,45 e o maior R$ 8,09. Já a maionese Hellmann´s 500, apresentou como menor preço R$ 2,95 e como maior R$ 4,99.

Destaca-se novamente a importância de pesquisar os preços de um mercado para outro, pois se o consumidor comprasse uma unidade de cada produto pelo maior preço ele gastaria, neste mês R$ 533,15. Já se efetuasse a compra dos produtos pelo menor preço de cada item, desembolsaria o valor de R$ 415,09, economizando assim 28,44% do valor gasto. 

A pesquisa teve a participação dos alunos: Maria Luisa de Lima Pastorim, Felipe José Ferreira Damaceno, Murilo Toledo Andrade de Oliveira, Mário Humberto Salvador Júnior, Rafael Pereira Makassian,Rodrigo Pardo, Ricardo Barbosa Dansceri, Gustavo Molina Momiy,  sob orientação do Economista Walter K. Dallari e da Supervisora de Prática Profissional Maria Lúcia Ribeiro da Costa.

Veja aqui a pesquisa completa.
 

ASSUNTOS
RELACIONADOS