EAD Toledo Prudente realiza live gratuita sobre a LGPD

15 | 03 | 2021
Paulo Sereguetti
Paulo Sereguetti

A LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) entrou em vigor em setembro do ano passado e desde então, vem causando preocupações para os empresários. Muitos ainda não sabem como se adequar as novas normas e os que já começaram a implantar, não estão seguros se estão no caminho certo. 

Pensando nisso, a EAD da Toledo Prudente realiza no dia 24 de março, uma live gratuita sobre o assunto. A atividade será totalmente online tem início para às 19h. Os convidados são os advogados especialistas, Zac Zagol e Karina Silvério. 

Quero me inscrever! 

O evento é muito indicado advogados, gerentes de segurança de informação e outros profissionais que desejam atuar neste novo ramo do Direito, que é justamente o de consultorias para empresas de todos os portes que precisam se adequar à LGPD. 

Com as novas regras já valendo, as empresas precisarão correr para se adequar às novas exigências. Se você é empresário ou profissional que trabalha diretamente com dados e não tem respostas paras as perguntas abaixo, essa live foi pensada para você!

– Como armazeno os dados dos meus clientes?

– Que tipo de dados minha empresa coleta dos clientes?

– Por quanto tempo esses dados ficam armazenados na empresa? 

Além dessas respostas, o evento também tratará sobre a proteção de dados, governança em TI e outros assuntos. 

Sobre os palestrantes: 

Zac Zagol é bacharel em Direito pela Toledo Prudente e Mestre University of Southern Califórnia, nos Estados Unidos. Ele é sócio fundador da ZS Advogados Associados e da Arizen Consultoria. Zac possui ainda especialização em Transnational Law and Busines e Business Law. 

Karina Silverio é graduada em Direito pela Toledo Prudente e possui pós-graduação em Direito Tributário pelo IBET (Instituto Brasileiro de Estudos Tributários). Ela é sócia fundadora da ZS Advogados Associados e da Arizen Consultoria. Karina também compõe a Diretoria da Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais de Presidente Prudente

Mais sobre a LGPD 

Do seu comportamento nas redes sociais, ao seu deslocamento diário pela cidade, passando pelos seus gostos de leitura e sem esquecer os seus tradicionais registros cadastrais, como nome, endereço e telefone: Você já se perguntou o que uma empresa faz ou pode fazer com os seus dados na internet?

A LGPD surgiu justamente para regulamentar essas práticas de coleta e tratamento de dados que, muitas vezes, são feitas até mesmo sem o conhecimento do titular. A partir de agora, todos os usuários passam a ter o direito de saber como as organizações coletam, armazenam e utilizam seus dados pessoais.

O ponto central da nova lei é que nenhuma instituição pode utilizar os dados de nenhum cidadão sem o seu consentimento explícito. O texto também traz garantias para o usuário, que pode solicitar que seus dados sejam deletados, revogar um consentimento, transferir os dados para outro fornecedor de serviços, entre outras ações. E o tratamento dos dados deve ser feito levando em conta alguns quesitos, como finalidade e necessidade, que devem ser previamente acertados e informados ao cidadão.