Egressa de Direito é aprovada em dois concursos

08 | 11 | 2012
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente

Desde que concluiu o curso de graduação em Direito pela Toledo Presidente Prudente no ano de 2008, Monique Mosca Gonçalves advogou em diversas causas, porém, não deixava de lado o seu objetivo: ser aprovada em concurso público para atuar como promotora.

“Até porque a advocacia me forneceu subsídios e aprendizagem para que eu pudesse ver, na prática, o que os livros e apostilas me mostraram durante horas de estudos e preparação para concursos do Ministério Público”, explica Monique.

A egressa acaba de saber que foi aprovada não apenas em um concurso, mas dois diferentes processos seletivos do MP em Estados diferentes: Minas Gerais e Mato Grosso.

“Antes mesmo de completar os três anos de atividade jurídica, já prestava concursos do Ministério Público como forma de treinamento e agora me encontro em uma situação bastante confusa, porém, confortável, de escolher em qual Estado irei assumir”, diz.

Para o concurso do Ministério Público de Minas Gerais, foram aproximadamente 3000 inscritos e 41 aprovados no total. Já no Ministério Público de Mato Grosso, foram 2200 inscritos e 25 aprovados.

“Ambos os concursos ainda não foram totalmente concluídos, sendo que estão na fase de recursos contra a fase oral. A posse no Ministério Público de Mato Grosso está marcada para o dia 07 de dezembro. Quanto ao concurso de Minas Gerais, ainda não há data certa para a posse, mas a previsão é de que ocorra em janeiro”, comenta.

Mesmo sem a confirmação de em qual Estado irá trabalhar, existe uma certeza: Monique atuará como promotora de Justiça. “O Ministério Público tem uma extensa gama de atribuições, atuando, principalmente, na área penal e na tutela dos interesses difusos e coletivos”, relata.

A egressa enfatiza que desde que colou grau na Toledo, sonha em exercer tal função e agora pretende se dedicar intensamente ao trabalho e poder corresponder aos anseios da comunidade local em relação à atuação do Ministério Público.

“A Toledo foi essencial para esta conquista. Na faculdade, tive contato com professores que integram o Ministério Público, o que despertou meu desejo de ingressar na carreira. Além disso, a faculdade dispõe de excelentes professores, ótima metodologia e estrutura, oferecendo aos alunos todos os instrumentos necessários para se tornarem profissionais de sucesso”, conclui.

ASSUNTOS
RELACIONADOS