Egressa de Direito ministrará palestras na África

08 | 01 | 2013
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente

Eliane Leal da Silva (foto) se formou no ano de 2011 no curso de Direito da Toledo Presidente Prudente e embarca hoje (8) rumo a Moçambique, na África.

Já em seu destino, a egressa vai ministrar palestras nas áreas afetadas pela extrema pobreza. “Falarei sobre os Direitos Humanos, assunto muitas vezes desconhecido pela população local e além disso, vou me empenhar na organização de cooperativas de trabalho, associações, além de auxiliar nos objetivos da Organização das Nações Unidas (ONU*) no País”, esclarece.

Eliane ficará em Moçambique durante sete semanas e irá trabalhar em cooperação com a AIESEC Moçambique, que é uma organização de estudantes do mundo formada por mais de 50 mil jovens universitários e recém-licenciados e que oferece oportunidades de estágios internacionais e experiências práticas de liderança dentro da organização em projetos de fomento aos Direitos Humanos.

A bacharel em Direito conta que o processo seletivo para integrar esta oportunidade foi bastante concorrido, já que a vaga era para um profissional do Direito que estivesse fazendo pós-graduação ou mestrado na área.

“Acredito que eu tenha conseguido a vaga porque durante a faculdade escrevi vários artigos sobre Direito Humanos, além da minha monografia e a apresentação no congresso de Buenos Aires terem sido de real valia. Tenho certeza que esta experiência será muito importante e trará muito crescimento profissional e também pessoal. Será a realização de um sonho”, conclui.

Saiba Mais – Organização das Nações Unidas (ONU*), ou simplesmente Nações Unidas (NU), é uma organização internacional cujo objetivo declarado é facilitar a cooperação em matéria de direito internacional,  segurança internacional, desenvolvimento econômico, progresso social, direitos humanos e a realização da paz mundial.

Já a AIESEC Moçambique foi fundada após a Segunda Guerra Mundial, mais precisamente em 1948, por estudantes de 7 países europeus com o propósito de contribuir para a integração entre diferentes culturas promovendo o entendimento e a cooperação entre seus países membros. Desta forma, poderiam fortalecer as relações de amizade entre as várias nações por meio de estágios internacionais de estudantes, de modo a evitar que novos conflitos eclodissem.

ASSUNTOS
RELACIONADOS