Em cerimônia oficial, irmãs colam grau juntas

21 | 01 | 2014
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente
A relação entre irmãos é recheada de sentimentos. Um dia, eles se amam, outros encontram dificuldades em relacionar-se, mas ainda assim sempre estão juntos. 
 
Na noite da última sexta-feira (17), as irmãs Ana Claudia Vatri Corazza e Kamila Vatri tiveram a oportunidade de dividir a alegria da colação de grau, afinal juntas obtiveram o grau de bacharelas em Direito.
 
Para a irmã mais nova, Kamila Vatri, a experiência foi excelente.
 
“Era muito bom ter minha irmã na mesma sala, porque nós estudávamos juntas e ela ainda me dava carona todos os dias”, relembra.
 
Ana Claudia também avalia como positivo esse contato dentro da sala de aula.
 
“Nós convivemos bem, não tinha competição e cada uma tinha o seu espaço bem definido”, conta.
 
A irmã mais velha expõe que estava procurando outro curso pra fazer, pois já possuía uma graduação e, como a irmã mais nova tinha sido aprovada para cursar Direito, também aproveitou a oportunidade.
 
“Busquei a Toledo com objetivo de conhecer a instituição, conversei com o professor Sérgio Tibiriçá, Coordenador do Curso e acabei optando por estudar aqui”, diz.
 
A vantagem, segundo a irmã mais velha, foi o fato de que juntas podiam repassar a matéria antes das provas.
 
“Agora formada, meu objetivo é advogar, porque como me aposento em breve, quero ter mais tempo livre pra curtir minha família, mas se for aprovada em um concurso público, também será ótimo”, explica.
 
O momento mais esperado da cerimônia ocorre quando é anunciado o (a) melhor aluno (a) da turma. Da turma C, a melhor aluna foi Carla Maria Polido Brambilla e da turma D, Maria José Ganancio Liberati. 
 
Carla expõe que a premiação a deixou muito feliz. “Não esperava, e por isso a emoção foi grande quando o resultado foi anunciado, e quando ouvi os aplausos e recebi os cumprimentos e homenagens do professor Sérgio e de meus pais”, diz.
 
A melhor aluna da turma C expõe que vai continuar estudando, mas com a atenção voltada aos concursos na área trabalhista.
 
“Pretendo, ao mesmo tempo, iniciar a carreira advocatícia e cursar a Pós-Graduação também na área trabalhista para que possa me especializar e aprimorar os conhecimentos obtidos ao longo do curso de graduação”, afirma.
 
A melhor aluna da turma D afirma que foi uma emoção única.
 
“Foi um misto de emoção e reconhecimento pelo meu esforço durante os cinco anos da graduação”, comenta.
 

ASSUNTOS
RELACIONADOS