Índice de Preços Toledo mostra deflação em Prudente

20 | 04 | 2015
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente
A Empresa Júnior da Toledo Prudente Centro Universitário divulga o 8º Índice de Preços Toledo (IPT) do ano de 2015 realizado em supermercados de Presidente Prudente.
 
A pesquisa realizada em 06 supermercados da cidade no dia 15 de Abril constatou uma deflação em relação ao mês anterior de 1,48%. Ou seja, o consumidor que gastava R$ 468,42 para compra de uma cesta básica, hoje gasta em média, R$ 461,48.
 
 
O Grupo de Artigos de Limpeza apresentaram uma deflação de 3,46%, com destaque para o Sabão em pó (1kg) com baixa de 10,06% e a Água sanitária (1L) com baixa de 08,01% no período. 
 
O grupo Alimentos também apresentou deflação de 1,98%. O produto com maior queda foi a Batata (Kg) com baixa de 36,29%. A Farinha de mandioca torrada (500g) também apresentou uma queda de 23,45% no período. 
 
 Em contrapartida, o grupo Higiene Pessoal que compõe a cesta básica apresentou uma inflação de 4,52%. Em relação ao mês anterior, os produtos que mais apresentam altas foram o produto Shampoo (340-350ml), com alta de 16,06% e o Papel higiênico (4un. 30m – fl simples) com aumento de 8,94%. 
 
Devido às promoções, variedades e disponibilidade de produtos nos estabelecimentos alguns produtos apresentaram uma considerável diferença de preços entre os locais pesquisados, como é o caso da Batata (Kg) que foi encontrada pelo menor preço a R$ 1,38 em um estabelecimento e pelo maior preço a R$ 3,79 em outro estabelecimento, uma diferença de 174,64%, e a Linguiça fresca (kg) encontrada pelo menor preço a R$ 5,99 e pelo maior preço a R$ 12,59, portanto uma diferença de 110,18%.
 
A concorrência entre os supermercados dá ao consumidor a oportunidade de economizar até 43%, pois, comprando uma unidade de cada produto pelo maior preço, ele gastaria R$ 207,36. Já se a sua compra fosse feita pelo menor preço de cada produto, o total gasto seria de R$ 145,40 economizando assim o valor de R$ 61,96.
 
O IPT registra inflação de 1,57% nos últimos 12 meses, índice inferior ao IPCA que está em 8,12% nos últimos 12 meses.
 
 

ASSUNTOS
RELACIONADOS