Jornada de Cinema exibirá Meu nome não é Johnny

10 | 03 | 2011
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente

Será realizada amanhã (16), às 14h, no Anfiteatro Cupertino, a segunda sessão da Jornada Acadêmica de Cinema 2011 da Toledo Presidente Prudente.

Desta vez, o filme exibido será ‘Meu nome não é Johnny’, drama brasileiro lançado em meados de 2008.

Como de praxe, após a exibição, os presentes poderão participar de um debate sobre drogas, problema abordado amplamente no filme. O bate papo contará com a participação da psicóloga Simone Bittencourt Gonçalves e do professor do curso de Direito na Toledo, Rodrigo Lemos Arteiro.

“Esta história permite reler a questão das drogas partindo do caso de um usuário nascido em família de classe média carioca e que se tornou um dos maiores traficantes do Rio. Pretendemos debater as questões jurídicas, sociais e psicológicas envolvidas no filme”, explica o professor José Artur Teixeira Gonçalves, que atuará como moderador da Jornada Acadêmica de Cinema da Toledo Presidente Prudente.

A sessão é gratuita e aberta a todos os alunos, egressos, profissionais e comunidade em geral interessada no tema. Clique aqui para fazer sua inscrição, que é gratuita.

Sinopse – João Guilherme Estrella (Selton Mello) nasceu em uma família de classe média do Rio de Janeiro. Filho de um diretor do extinto Banco Nacional, ele cresceu no Jardim Botânico e frequentou os melhores colégios, tendo amigos entre as famílias mais influentes da cidade. Carismático e popular, João viveu intensamente os anos 80 e 90. Neste período ele conheceu o universo das drogas, mesmo sem jamais pisar numa favela. Logo tornou-se o maior vendedor de drogas do Rio de Janeiro, sendo preso em 1995. A partir de então passou a frenquentar o cotidiano do sistema carcerário brasileiro.

Imagens: divulgação

 

ASSUNTOS
RELACIONADOS