Maioria dos aprovados na OAB é da Toledo

11 | 07 | 2013
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente
Foi divulgado na terça-feira (9), o resultado preliminar do X Exame de Ordem Unificado da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Dos 160 aprovados na segunda fase, que ocorreu no dia 16 de junho, 75 são alunos ou egressos da Toledo Presidente Prudente. 
 
O número obtido pelas Faculdades Integradas Antônio Eufrásio de Toledo representa cerca de 50% dos aprovados no Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). 
 
O resultado consolida a condição da Toledo de ser a única faculdade da região e uma das poucas do Estado a conseguir três selos OAB-Recomenda, concedido pelo Conselho Federal da ordem dos Advogados do Brasil, aos melhores do Brasil.
 
A aluna do 10º termo de Direito da Toledo, Natália Namba (foto 1), afirma estar muito feliz com o resultado do exame. 
 
“Estou muito feliz, principalmente pela aprovação antes de concluir a faculdade; mais precisamente uma sensação de alívio com felicidade, pois mais uma etapa foi vencida, de muitas que estão por vir”, diz. 
 
Ela ainda exalta a instituição e ressalta que a Toledo foi fundamental para sua aprovação.
 
“A Toledo foi essencial na minha aprovação, principalmente o ensino proporcionado pelos professores dedicados e qualificados no decorrer desses quase cinco anos de faculdade. Sem dúvida foi o suporte principal, aliada a dedicação, foco e esforço que fora recompensado”, expõe. 
 
O egresso da Toledo, Carlos Eduardo Nunes, também foi aprovado no X Exame de Ordem Unificado da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e comenta que está muito satisfeito, porque é a primeira vez que ele faz a prova.
 
“Confesso que foi um misto de extrema felicidade e, ao mesmo tempo, um grande choque ver que fui aprovado. Afinal, esse foi o primeiro Exame de Ordem que fiz”, exclama. 
 
Nunes tem uma deficiência visual, mas ele assegura que ela nunca foi empecilho. 
 
“A deficiência não me atrapalhou – em nada – na realização da graduação. Sempre tive muita facilidade em aprender e dedicação aos estudos. Sempre tive o apoio incondicional e imprescindível da Toledo que é uma Instituição excepcional no ensino do direito. Todos os professores, funcionários e colegas sempre foram muito solícitos e atenciosos comigo. É como sempre digo: “a Toledo, sem dúvidas, é minha segunda casa!”, proclama.
 
Ricardo Mustafá atua como cirurgião cardíaco e também está no 10º termo de Direito da Toledo, ele também foi aprovado no X Exame da OAB. 
 
“As provas da Toledo são muito exigentes, e de igual forma a correção dos professores. Acho que a Toledo cobra além da média, mas isto foi precioso, pois tornou o exame algo próximo ao dia a dia de quem é aluno”, ressalta..
 
Leandro Chaves também foi aprovado antes de concluir a graduação e para ele os desafios são ainda maiores, porque ele não mora em Presidente Prudente, mas em Presidente Venceslau.
 
“Quando moramos em outra cidade, nossa participação fica um tanto quanto limitada, principalmente no que diz respeito à presença em palestras, grupos de estudos, atividades científicas de extensão, prática jurídica nos núcleos existentes e temos de nos deslocar fora do horário normal das aulas sempre que precisamos fazer algo mais, o que é dispendioso e, por vezes, cansativo. Entretanto, com certeza são barreiras totalmente transponíveis, e quando a dedicação e a vontade de vencer é maior, todas elas caem por terra”, expõe. 
 
Carla Brambilla (foto 2), aluna do 10º termo de Direito da Toledo, também foi aprovada antes do término da graduação.
 
“A sensação de já estar aprovada na OAB antes mesmo do término da graduação é de alívio, satisfação, orgulho e felicidade. Além disso, com a proximidade do término do ano letivo (e do curso), estava me sentindo insegura em relação ao que iria fazer no próximo ano, e agora, com a aprovação na OAB, passei a sentir uma maior segurança em relação ao meu futuro profissional”, explica.
 
Ela comenta que o nível da prova não foi fácil, porém é possível enfrentá-lo quando há dedicação nos estudos, esforço e disciplina e ressalta a importância da Toledo em sua aprovação.
 
“A Toledo teve significativa importância nos resultados que obtive no Exame da Ordem, já que durante os quatro anos e meio de curso me foi oferecida uma base teórica excelente. Contudo, os estágios que realizei desde o 2º termo, sempre na área trabalhista (matéria também escolhida para a 2ª fase), foram imprescindíveis à formação de uma perspectiva prática em acréscimo ao conteúdo acadêmico, propiciando a minha aprovação, com notas acima dos mínimos exigidos, sem a necessidade de um cursinho preparatório”, finaliza.
 
 
 
 

 

ASSUNTOS
RELACIONADOS