Materiais escolares têm deflação de 2,89%

24 | 01 | 2013
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente

A Empresa Júnior Toledo realizou nos dia 18 e 19 de Janeiro de 2013 a pesquisa de preços de Material escolar em dez estabelecimentos de Presidente Prudente.

A pesquisa foi dividida em cinco grupos: Lápis/Canetas; Réguas; Cadernos; Cartolinas/Papéis e Diversos.

Em relação ao ano anterior, a lista de material escolar constatou uma deflação de 2,89%, ficando abaixo do Índice oficial de inflação IPCA-15, que atingiu 5,83% no período. 

O grupo de Cadernos apresentou a maior deflação com uma variação de 4,59% com relação ao ano anterior. O item com maior queda de preço foi o Fichário c/ Zíper (Mais Barato) com 23,22%, sendo encontrado na pesquisa de 2012 pelo preço médio de R$ 35,28 e neste ano pelo preço médio de R$ 27,09.

O grupo que obteve a maior inflação nos preços foi o Grupo Réguas, apontando uma alta de 11,26%.

Analisando item por item, encontram-se grandes diferenças entre o maior e o menor preço praticado pelos estabelecimentos, pois se o consumidor comprasse uma unidade de cada produto pelo maior preço, ele gastaria R$ 757,28, porém se efetuasse a compra dos produtos pelo menor preço de cada item, desembolsaria o valor de R$ 509,16, tendo uma economia de 48,73%.

A exemplo disso destacam-se os seguintes produtos: Apontador Simples Faber-Castell cores translúcidas, sendo encontrado entre  R$ 1,30 e R$ 3,60 com uma variação de 176,92% e o Caderno 10 Matérias Mais Barato 200 Folhas, com preços entre R$ 6,85 e R$ 9,90 refletindo uma variação de 44,53%.

A economia pode ser ainda maior quando o consumidor opta por produtos que não estejam ligados a “personagens que estão na moda”.  As formas de pagamento e os descontos também variam bastante entre os estabelecimentos que procuram facilitar para o cliente que compra um volume maior de produtos. Portanto, vale a pena pesquisar e negociar.

A pesquisa teve a participação dos alunos da Toledo: Bruno Fazioni Bocal, Edson Gomes Marcondes, Jefferson Mateus de Brito, Luiz Felipe Aglio de Oliveira, Mayara Martins Bonfim, Mario Humberto Salvador Junior, Valério Sampaio Balestrieiro sob orientação do Economista Walter K. Dalari e da Supervisora de Prática Profissional Maria Lúcia Ribeiro da Costa.

Clique aqui e confira a pesquisa completa

ASSUNTOS
RELACIONADOS