MEC atribui nota máxima ao curso de Direito

15 | 08 | 2011
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente

Após avaliação feita por membros do Ministério da Educação (MEC), que ocorreu de 3 a 6 de agosto, o curso de Direito das Faculdades Integradas Antônio Eufrásio de Toledo obteve novamente conceito máximo (5), numa escala de 0 a 5.

As dimensões avaliadas foram: organização didática pedagógica, corpo docente e instalações, finalizando com uma análise geral da instituição de ensino superior.

A avaliação foi realizada com o objetivo de promover a renovaçãoimagem do reconhecimento do Curso de Direito da IES.

Diz o documento oficial disponibilizado pelo Ministério da Educação, que a Toledo “revela em seu projeto político-pedagógico uma clara definição de seus objetivos, considerando que estes são revelados em suas atividades acadêmicas, dirigidas, fundamentalmente, ao seu corpo discente por todos os componentes do quadro profissional, seja através do corpo docente como da representação do corpo técnico”.

Além disso, os avaliadores acrescentam que a faculdade está “estruturalmente planejada ao longo de seus anos de desenvolvimento para o crescimento qualitativo, demonstrando sério compromisso pela qualidade de educação, fato registrado pelos discentes, bem como pelos resultados obtidos através dos exames oficiais e pelo bom desempenho dos discentes no Enade”.

Sobre a estrutura física, a avaliação considera que “os espaços utilizados no desenvolvimento do curso, estão além do referencial mínimo de qualidade” e que “a comissão de avaliação verificou durante visita à Biblioteca, que seu acervo está além do referencial mínimo exigido pelo MEC”.

Em relação a menção sobre limpeza e organização dos espaços, o supervisor de manutenção da Toledo Presidente Prudente, Manoel Izidio da Silva, diz que tal reconhecimento é bastante significativo, pois motiva toda a eqimagemuipe a superar a cada dia os resultados obtidos. “Nossa equipe é bastante unida, temos um espírito de união importante que nos norteiam, pois sabemos que sem união, não teríamos conseguimos nada”, diz.

O coordenador do curso de Direito das Faculdades Integradas Antônio Eufrásio de Toledo, Sérgio Tibiriçá Amaral comemora juntamente com o diretor geral da Toledo, Milton Pennacchi, corpo docente e administrativo da IES mais este significativo resultado e enfatiza que isso decorre de cinquenta anos de trabalhos realizados em prol da qualidade de ensino da Toledo.

“São resultados como este, assim como cada conquista de egresso que nos fazem perceber que estamos no caminho certo. É por isso que somos umas das poucas com o reconhecimento da OAB, por meio do Selo ‘OAB Recomenda’ por duas vezes consecutivas, além dos altos índices de aprovação de alunos e egressos em concursos e outros processos seletivos. Tudo isso faz a nossa diferença”, diz Amaral.

Paulo Sérgio Morilo Junior realizou o Vestibular Programado no mês de julho e já garantiu sua vaga para cursar Direito em 2012. Para ele, que foi o primeiro colocado neste processo seletivo, tal atribuição do MEC reforça ainda mais sua opção pela Toledo Presidente Prudente. “O importante é que eu nem comecei a estudar e já sei que vou ter a melhor estrutura, os melhores professores e com certeza, conquistar meus objetivos profissionais”, diz.

Clique aqui e veja matéria publicada pelo jornal O Imparcial (17/08 – Cidades 2-B) a respeito de mais esta conquista da Toledo.

Imagem 1: Paulo Sérgio Morilo Junior, acompanhado de seu pai durante efetivação da matrícula para 2012: "Garantia de estar inserido em uma instituição séria e focada em resultados".

Imagem 2: Selo OAB Recomenda, atestado de qualidade conferido pelo Conselho Federal da OAB atribuído aos melhores cursos jurídicos do Brasil.
 

 

ASSUNTOS
RELACIONADOS