Número de mulheres na Engenharia Civil cresce a cada dia

27 | 12 | 2021
Paulo Sereguetti
Paulo Sereguetti

Se você é uma pessoa atenta, já sabe: “Lugar de
mulher é onde ela quiser”. Somando os desafios profissionais, a habilidade para
gerenciamento, de projetos e equipes, e as crescentes
oportunidades de mercado, a Engenharia Civil tem atraído cada vez mais olhares
femininos. 

 

Dados do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia
(Confea) apontam que o número de mulheres engenheiras registradas aumentou 42%,
em 2019.

 

Para Cristiane Aquino Cabriote Bernardo (Foto 1), Chefe de
Equipe da Unidade de Gestão e Inspetoria do CREA (Conselho Regional de Engenharia
e Agronomia), em Presidente Prudente, os indicadores mostram que há uma
presença feminina maior tanto no mercado de trabalho quanto nos cursos de
graduação.

Quero
fazer o Vestibular!

Gosta de vídeo? Então clique aqui!

“É uma resposta das mulheres em busca de igualdade
de gênero e igualdade salarial, além de ser uma inspiração para jovens
estudantes. Estamos ocupando espaços importantes e chegando a cargos que não
imaginávamos alcançar. Isso é o que chamamos de futuro”, disse Cristiane.

 

O Crea-SP implementou, neste ano, o Comitê Gestor
do Programa Mulher, um compromisso com o empoderamento das mulheres a fim de
promover a igualdade de gênero e elaborar políticas de incentivo para as
mulheres. Inclusive, o Crea-SP lançou, também este ano, a Cartilha Programa
Mulher, que auxilia na atuação e articulação com as entidades de classe,
associações e instituições de ensino, para aumentar a porcentagem de mulheres
dentro do sistema. O conteúdo está disponível neste link.

 

“Estamos quebrando essas barreiras, mas o
preconceito ainda acontece nos ambientes de trabalho. Nós precisamos fomentar
esse debate nas escolas, empresas, instituições e levar para o público
externo”, finalizou Cristiane.

 

Com muita consciência e atitude, quem inicia os
passos na Engenharia Civil é Ana Carolina Verdeiro (foto 2), 20. Ela está matriculada no
curso e que conta que a escolha se deu pelos desafios diários que consegue
superar.

 

“Muitas vezes, acontece de ter aquele tabu de
‘mulher em obra’, mas, também há pessoas que apoiam e ajudam a existirem mais
de nós neste setor”, contou.


Quero fazer Engenharia Civil

 

Diferenciais

 

Aulas práticas, laboratório equipados, visitas
técnicas e professores com titulação e muita experiência profissional, assim é
o curso de Engenharia Civil da Toledo Prudente. Avaliado pelo MEC (Ministério
da Educação) o curso recebeu notas máximas, o que comprova a excelência do
ensino do Centro Universitário.


Serviço: quer mais informações
sobre os cursos de graduação da Toledo Prudente? Entre em contato por meio do WhatsApp!

Vestibular com
inscrições abertas!