Professor de Direito publica artigo na Revista de Informação Legislativa do Senado

17 | 09 | 2020
Lais Ernesto
Lais Ernesto

O professor do curso de Direito, Guilherme Prado Bohac de Haro, foi coautor em um artigo publicado na Revista de Informação Legislativa do Senado. O tema abordado trata sobre liberdade econômica e democracia. O periódico, produzido pela Coordenação de Edições Técnicas do Senado Federal, é o que circula ininterruptamente no país desde 1964. 

“A influência da liberdade econômica nos índices de aferição da qualidade das democracias” é o título do artigo que foi escrito pelo professor da Toledo Prudente com mais dois pesquisadores, o Doutor em Direito e procurador da República, Jefferson Dias, e a Doutora em Educação e Pós-doutora em Sociologia do Trabalho, Walkiria Martinez Heinrich Ferrer. 

O artigo investiga, com base nos índices estatísticos elaborados por organizações e institutos de pesquisa internacionais, a possível relação entre liberdade econômica e percepção da qualidade das democracias. 

De acordo com o docente, o tema tem uma grande relevância e precisa ser discutido. “Este tema é capaz de mudar os rumos de uma nação, ficou demonstrada a importância da liberdade econômica em um país, o qual – quanto mais livre for – melhores índices democráticos possuirá”, salienta. 

O tema está relacionado também com a disciplina que o professor ministra de Direito Econômico e Empresarial e é uma etapa da pesquisa da tese de doutorado em Direito, com ênfase em Direito Econômico. 

Leia o artigo na íntegra! 

LEIA TAMBÉM

Artigo une Direito e Fisioterapia e discute o atendimento remoto para pacientes

ETIC traz convidados importantes de diferentes áreas de estudo

A Revista de Informação Legislativa do Senado tem publicações trimestrais e divulga artigos inéditos, predominantemente nas áreas de Direito e de Ciência Política e Relações Internacionais. 

Para o professor, ter um material publicado em um periódico como este é uma conquista e pode contribuir com sua carreira. “Ter uma publicação em uma revista deste calibre traz uma respeitabilidade, além de acrescentar nos índices da instituição quanto a avaliação do MEC [Ministério da Educação] e da CAPES [Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior]”, explica.