Professora da Toledo participa de encontro no Canadá

02 | 07 | 2015
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente
A professora do curso de Serviço Social da Toledo Prudente Centro Universitário, Elisabeth Lourenção, passou quatro dias no Canadá, onde participou de um encontro internacional sobre resiliência. O evento foi organizado pelo Dr. Michael Ungar (Phd), que é um dos mais conhecidos escritores e pesquisadores sobre o tema. 

 
A resiliência é um conceito trazido das ciências exatas para as ciências humanas e que se preocupa em estudar fenômenos que explicam a superação de situações de adversidade por parte de pessoas, grupos ou comunidades. 
 
“Não existe uma definição única e precisa do tema resiliência, mas ela pode ser entendida como um processo pelo qual as pessoas são capazes de lidar com situações de adversidade e seguir em frente com sua vida”, define Elisabeth.
 
O objetivo do evento foi apresentar resultados das pesquisas que estão sendo desenvolvidas em diversos lugares do mundo e com diversas populações. 
 
“Uma novidade bem interessante é um aplicativo denominado “Always there”, que indica recursos disponíveis para crianças e adolescentes em situação de risco. Ele permite também enviar mensagens de socorro, oferece orientação e lista os serviços por áreas de atuação”, destaca a professora. 
 
No Canadá, a professora prudentina apresentou um trabalho denominado “Permanência e sucesso escolar de adolescentes autores de ato infracional: Representações do adolescente”. Ao todo foram apresentados mais de 380 trabalhos de quase 50 países. 

 
“As discussões do meu trabalho giram em torno de conhecer as dificuldades enfrentadas por adolescentes autores de atos infracionais para a permanência na escola. A escola é considerada como uma instituição de proteção a fatores de risco na vida dos adolescentes, no entanto, existe uma grande dificuldade de permanência desses adolescentes na sala de aula”, afirma a docente.
 
O encontro canadense foi multidisciplinar e havia uma diversidade grande de profissionais, tais como: assistentes sociais, psicólogos, sociólogos, advogados, psiquiatras, professores, diretores de escolas e universidades, diretores de ONGs e outros. 
 
A representatividade da professora da Toledo Prudente traz diversos benefícios ao curso de Serviço Social. “Participar desse encontro me possibilita atualizar os conceitos e trocar experiências sobre resiliência. Com isso, podemos diferenciar nosso conhecimento e também inovar nas estratégias de ensino”, ressalta. 
 
O próximo evento científico sobre o assunto acontecerá de 8 a 11 de novembro na UNESP de Presidente Prudente. O curso de Serviço Social da Toledo Prudente também está organizando dois eventos que acontecerão respectivamente em setembro e outubro. 
 

 

ASSUNTOS
RELACIONADOS