Toledo conquista Selo de Responsabilidade Social

05 | 10 | 2011
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente

Pela 6ª vez consecutiva, a Toledo Presidente Prudente obteve a renovação do direito de utilização do Selo IES Socialmente Responsável (2011/2012).

Trata-se de um Selo concedido pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES) a instituições que realizam paralelamente aos projetos e estudos acadêmicos, ações que beneficiam a comunidade na qual está inserida.

“A conquista de mais uma edição deste selo, se deve ao empenho de alunos, funcionários e professores, no desenvolvimento de projetos que propiciam a integração da Toledo com a comunidade. A prestação de assistência jurídica no Escritório Jurídico e no Juizado Especial Civil, as consultorias e pesquisas desenvolvidas pela Empresa Junior Toledo, atendendo o empresariado local, os cursos de extensão e eventos culturais como Toledo Debate e Jornada Acadêmica de Cinema, são exemplos dessas ações.

Em 2011, implantamos o Projeto Reuse, Reduza e Recicle, que estabeleceu pontos fixos na Toledo para o recebimento de eletrônicos que não mais são utilizados, além do mutirão do lixo eletrônico, que recolheu os materiais de casa em casa e nas imediações da Toledo”, enfatiza a diretora administrativa da Toledo, Maria Inês de Toledo Pennacchi Amaral.

Ela também esclarece que é de extrema importância a realização de ações sociais por parte de instituições de educação, sejam elas em prol da justiça, desenvolvimento social e econômico, meio ambiente ou em qualquer outro aspecto comunitário “Além de cumprirmos com a nossa missão de formar profissionais capacitados para a o mercado de trabalho, formamos também cidadãos conscientes”, diz.

A coordenadora do Projeto Reuse, Reduza e Recicle, Melissa Zanatta esclarece que até o momento, mais de 6 toneladas de equipamentos como aparelhos de som, Tv, microcomputadores e outros foram recolhidos por meio desta ação.

“E é interessante ressaltar que todos os itens recebidos terão correta destinação. Assim evitamos que estes componentes agridam o meio ambiente em que estamos inseridos e, claro, a população pode continuar a trazer seus objetos, pois a Toledo é ponto fixo de coleta”, esclarece Zanatta, que leciona no curso de Sistemas de Informação da Toledo.

“A participação maciça de alunos de Sistemas de Informação permite a eles, particularmente, uma visão mais completa do processo de gerenciamento de sistemas, objeto desse curso”, finaliza.

ASSUNTOS
RELACIONADOS