Toledo será representada em Seminário em Harvard

14 | 03 | 2012
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente
Assessoria de Comunicação Toledo Prudente

A diretora acadêmica, Zelly Pennacchi Machado e a coordenadora pedagógica da Toledo Presidente Prudente, Yara Pires Gonçalves, embarcarão nesta sexta-feira (16) para Massachusetts.

Já em território americano, participarão do Seminário de Inovação no Ensino Superior, que acontecerá em Harvard até o dia 23 de março.

O evento tem objetivo de apresentar as melhores práticas de gestão acadêmica, além de estratégias inovadoras relacionadas ao processo de ensino-aprendizagem nas instituições de ensino superior.

Membros da diretoria da Toledo passarão sete dias em Cambridge e terão oportunidade de trocar experiências com os maiores especialistas e gestores de faculdades de todo o mundo.

Na ocasião, serão discutidos casos de sucesso, metodologias de ensino, estratégias institucionais para a melhoria do relacionamento com os alunos (retenção e motivação) e de inovação acadêmica a partir da experiência de membros da Universidade de Harvard.

Para a diretora acadêmica da Toledo, Zelly Pennacchi Machado, estar entre os participantes deste seminário que ocorrerá em Harvard será uma grande experiência profissional , pois além de tratar temas relevantes relacionados a inovação para a gestão do ensino superior, proporcionará visitas técnicas a duas das melhores universidades do mundo. “E a partir dai, a possibilidade de firmarmos convênios com universidades estrangeiras para que os alunos da Toledo possam expandir suas experiências de estudos no exterior”, explica.

Yara Pires Gonçalves, que é coordenadora pedagógica da Toledo acrescenta que entre os temas discutidos estão Desafios e Tendências Internacionais da Educação Superior, Liderança Institucional no Ensino Superior, Técnicas de Comunicação, entre outros.

“Esperamos agregar valor ao desenvolvimento acadêmico-pedagógico da Toledo, tendo contato com as melhores práticas de gestão, e outras novidades relacionados ao processo de ensino-aprendizagem”, conclui Yara.

 

ASSUNTOS
RELACIONADOS